Capitalismo

  1. Quanto ao modo de produção, o capitalismo é um sistema socioeconômico caracterizado por:
    • economia de mercado, que é fundamentada na lei da oferta e da procura;
    • livre-iniciativa empresarial e livre concorrência;
    • produção e comércio, cuja finalidade é remunerar o capital investido na forma de lucro;
    • predomínio da propriedade privada dos meios de produção e distribuição;
    • trabalho assalariado e sociedade dividida em classes sociais.

A aproximação do oriente com o ocidente ainda na Idade Média favoreceu as atividades comerciais europeias, impulsionando a urbanização e geração de empregos.No século XV, o comércio já era um fator econômico em ascensão na Europa, caracterizando um novo modelo econômico em substituição do modo feudal

A passagem entre o modo de produção feudal e o capitalismo, já em sua fase industrial (século XVIII), é caracterizado pelo mercantilismo. Este surgiu com o fortalecimento da burguesia e com a centralização do poder nas mãos do rei, em detrimento dos senhores feudais.

A Revolução Industrial, ocorrida na Inglaterra, em meados do século XVIII, representou um avanço muito mais que uma mera mudança no sistema produtivo europeu:

A Revolução Industrial

A Revolução Industrial significou um marco entre o pré-capitalismo caracterizado pelo comércio em forma absoluta – e a produção manufatureira, desenvolvida com a apropriação dos meios de produção pelos burgueses e a definitiva separação entre estes e a classe trabalhadora, agora chamada proletariado.

A partir da Revolução Industrial, o sistema capitalista surge ainda em sua fase industrial, mas já marcado pela divisão da sociedade em classes, devido as diferenças de ganho e, pela produção fortalecida pelos interesses do capital.

A dinamização da produção, veio favorecer a passagem da produção manufatureira, para a mecanizada (máquinas a vapor), teve o início registrado na Inglaterra e posteriormente se estendeu a outros países europeus. Essa mudança na produção provocou um aumento no consumo de matérias-primas e da necessidade de novos mercados consumidores, levando a expansão comercial já no século XIX. A concorrência entre as nações industrializadas gerou grandes diferenças e divergências, culminando, na primeira metade do século XX, em grandes guerras (1914/1918 e 1939/1945), que envolveram praticamente as grandes nações de todo o mundo, especialmente Inglaterra, França, Alemanha, Japão, Estados Unidos e União Soviética.

Resumo

  1. Características Gerais do Sistema Capitalista
    • Predomínio da propriedade privada ou particular dos meios de produção
    • Economia de mercado, regida pelas relações entre a oferta e a procura.
    • Sociedade dividida em classes, sendo: – burguesia a que possui os meios de produção; – proletariado a que vende sua força de trabalho em troca de salário.
    • O objetivo da produção é, fundamentalmente, o lucro.
  2. Evolução do Modo de Produção Capitalista - Capitalismo comercial (pré-capitalismo)
    • Séculos XV-XVIII. • Grandes navegações/expansão do sistema colonial.
    • Colonialismo/descobrimento da América. • Mercantilismo/metalismo.
    • Manufaturas. Capitalismo industrial • Séculos XVIII-XIX.
    • Militarismo/imperialismo/nacionalismo/racismo.
    • Neocolonialismo/partilha da África e Ásia.
    • Maquinofaturas /industrializados. Capitalismo financeiro ou monopolista
    • A partir do fim do século XIX.
    • Formação de grandes monopólios, conglomerados financeiros.
    • Intervenção do Estado na economia.
    • Empresas multinacionais e transnacionais.
    • Internacionalização da produção, comunicações, comércio e moeda.
    • Recentemente: globalização, blocos econômicos.