O mundo digital traz algumas soluções para a segurança patrimonial e financeira.

Desponta entre elas a identificação biométrica, que utiliza as características físicas de cada pessoa, até pelo modo se sentar em frente ao computador. Hoje computadores vão muito alem da impressão digital. Já conseguem reconhecer à face, a íris, as veias dos olhos, o formato das orelhas, a geometria das mãos, a voz e até o batimento cardíaco.

Nos EUA, a MasterCard iniciou um programa de testes com o qual uma selfie é usada para efetuar pagamentos . Na hora de pagar, o cliente não terá de digitar senhas; bastará tirar uma foto da própria face com o celular e um app da operadora fará o trabalho de identificação.

A tecnologia está avançando rapidamente e muitas empresas privadas avançam a passos largos na direção do uso de biometrias para dar segurança aos seus processos de negócios, notadamente nas áreas bancária, de saúde privada e de varejo", diz Célio Ribeiro, presidente-executivo da Abrid (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital).

Intertextualização. Fonte g1 e UOL.